A câmara escura foi a primeira grande descoberta da fotografia. Se trata de uma caixa com um furo bem pequeno, onde a luz entra somente por este furinho. É possível ver uma imagem projetada do lado invertido.

O funcionamento da câmara escura é de natureza física. A luz entra pelo orifício da caixa e então uma imagem invertida é produzida na parede paralela ao furo feito na caixa.

Apesar de ter sido desenvolvida realmente no século XIX, há indícios que de tal experimento era utilizado na Antiguidade para se observar o eclipse solar. Uma outra função da câmara escura seria ajudar os pintores a fazerem esboços de pinturas.

Como fazer uma câmara escura

  • A construção de uma câmara de orifício é bastante simples. Você vai precisar de:
  • 1 lata de leite em pó
  • 1 pedaço de papel vegetal
  • papel color sete preto
  • 1 tesoura
  • 1 prego
  • 1 martelo
  • fita adesiva

Faça um furo com o prego no fundo da lata.

Recorte o papel vegetal com diâmetro de aproximadamente 2 cm maior do que o diâmetro da abertura da lata.
Cole o papel vegetal na abertura (no lugar da tampa), use a fita adesiva para isso. Enrole o papel escuro na lata, formando um tubo.

Aponte o furo para uma paisagem bem iluminada e observe o papel  vegetal.

 

Outra forma de fazer uma câmara escura

 

Assista ao vídeo do Manual do Mundo ensinando a fazer uma câmara escura

 


material

Material Didático para Alunos e professor  (em breve! deixe seu email que te avisamos quando o material estiver disponível… =]  )

Baixe o Material desta Aula

Fonte: Livro ” A arte de fazer arte” de Denise A. Haddad e Dulce G. Morbini

site Fotografia para todos  (acesso dia 13/08/2016)

Site Brasil Escola  (acesso dia 13/08/2016)